Mulher que entrega o arroz doce

Uma tradição bem antiga da nossa região é a entrega do arroz doce aquando do casamento. Uns dias antes do grande dia, cerca de uma semana, uma mulher da família dos noivos, ou amiga da família, percorria as ruas da aldeia, distribuindo porta-a- porta pratos de arroz doce a toda a população, sejam convidados do casamento ou não. É como que um anúncio à aldeia de que o casamento se vai realizar dali a poucos dias. Os pratos eram transportados num tabuleiro de madeira, coberto com o melhor pano de linho que tivessem em casa.

Vestindo um fato melhor, ou pelo menos não era o fato que usava nas suas tarefas diárias, começava a jornada. Era quase sempre um fato alegre e colorido. Blusa de cambraia florida, saia também de cambraia estampada e avental de algodão em tom claro. Sobre o avental usa uma faixa de lã vermelha para que a saia não “arrastasse o chão”. Xaile-primavera traçado sobre o ombro e na cabeça caichiné. Usa calçadas chinelas.