Valador

Eira Pedrinha, e grande parte das aldeias do concelho de Condeixa-a- Nova, é uma zona de grande abundância de água, que nos chega através de ribeiros, rigueiras ou valas. Para que a água pudesse circular era necessária a limpeza frequente dessas valas, evitando a acumulação de lixos e vegetações indesejáveis. Eram os valadores que procediam a essa limpeza, utilizando um instrumento próprio para o efeito, a pá de valar, de formato côncavo, estreita, longa e afiada.

Para tal trabalho, as roupas que utilizavam eram simples e práticas. Envergavam camisa de riscado e calças de cotim arregaçadas até ao joelho para evitar que se molhassem. Por baixo destas usavam normalmente ceroulas, atadas na zona dos joelhos com atilhos. Usavam tamancos de couro, solados, por ser mais fácil de descalçar assim que chegavam ao local do trabalho. Tal como acontecia com os trabalhadores do campo, também estes homens usavam em volta da cintura uma faixa preta de lã. Na cabeça usavam chapéu de palha de aba larga para proteger a cabeça e o corpo do sol, uma vez que este tipo de tarefas era mais frequente nos meses de Verão por haver mais necessidade de rega. É de referir ainda o uso do lenço de tabaqueiro para limpar o suor.